GRS Manhumirim discute adesão ao SETS

281
foto: Andressa Aguiar/GRS Manhumiri

A Gerência Regional de Saúde de Manhumirim realizou no dia 25 de março, na Câmara Municipal de Espera Feliz, reunião com prefeitos e secretários municipais de saúde da microrregião de Carangola no intuito de discutir a adesão ao Sistema Estadual de Transporte em Saúde (SETS), e também para definir os custos dos municípios com a implantação do serviço.

O responsável técnico pelo SETS, Felipe Braga,  detalhou todo o funcionamento do sistema .“ Com o SETS o transporte funcionará por agendamento dos serviços, com metodologia de gestão da frota, proporcionando mais economia para os municípios e  segurança para os usuários.”

Durante a reunião também foram definidas as rotas e a frequência com que os municípios encaminharão os pacientes. O próximo passo será assinar um termo de adesão com a definição das despesas fixas que cada um terá para financiar os SETS. Após a elaboração do convênio, a Secretaria de Estado de Saúde vai destinar o recurso para o Consórcio Intermunicipal de Saúde (CISVERDE) para que seja efetuada a compra dos equipamentos.

A diretora da GRS Manhumirim, Soraia Carvalho, afirmou que o SETS veio para melhorar a qualidade do atendimento oferecido, “a implantação desse sistema logístico de transporte na microrregião de Carangola irá garantir aos usuários do SUS acesso aos serviços de saúde através de um transporte eficiente, humanizado e digno”.

A gestora de saúde do município de Fervedouro, Ana Almeida, diz que acredita muito  no SETS, pois “os serviços que temos atualmente além de terem um custo elevado, não alcançam nosso objetivo que é a qualidade de atendimento do usuário”.

O Prefeito Municipal de Tombos e Presidente do CISVERDE, Ivan Carlos, afirmou que “estamos aguardando com ansiedade o funcionamento do SETS em nossa microrregião para que os serviços a população seja o melhor possível”.

Segundo o secretário executivo do CISVERDE, Sérgio Muller, “estamos nos empenhando muito nesse processo para que o SETS venha para acrescentar na qualidade de vida da população”.
Transporte em Saúde

O Sistema Estadual de Transporte em Saúde é um programa do Governo de Minas, criado em 2005, com o objetivo de integrar os municípios das microrregiões do Estado. Foi planejado para assegurar um dos preceitos fundamentais do SUS, que é a garantia do acesso aos serviços de saúde por meio de um transporte eficiente e humanizado. Atualmente, o sistema já foi implantado em 42 microrregiões do estado, sendo que já foram investidos mais de R$ 73 milhões.

O SETS tem como meta transportar os usuários do SUS a serviços pré-agendados, incluindo o Transporte de material biológico e servidores em atividades estratégicas, bem como os resíduos dos serviços de saúde; Implantar o Sistema de Monitoramento, a fim de garantir o rastreamento da frota, com controle do fluxo, da velocidade, da quantidade de pessoas no veículo e da chegada ao destino; e, implantar um software de Gestão do Transporte em Saúde, para que cada município acompanhe o agendamento das consultas e forneça aos pacientes as passagens no ato da marcação das mesmas.

Fonte:  saude.mg.gov.br – Andressa Aguiar/GRS Manhumiri

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui