Manifesto pede melhoria no tratamento do linfoma

200

O presidente da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale), Merula Steagall, entrega hoje (28) ao Ministério da Saúde o Manifesto pelo Direito de Acesso ao Melhor Tratamento. A iniciativa, que teve início em setembro, mês de conscientização sobre os linfomas, recolheu mais de 23 mil assinaturas em todo o país.

Uma das principais reivindicações do manifesto é disponibilizar na rede pública o tratamento que combina quimioterapia associada a anticorpos monoclonais e que é capaz de proporcionar alta chance de cura dos pacientes com a forma mais comum de linfoma, que corresponde a 80% de todos os casos diagnosticados.

O manifesto pede também à Agência Nacional de Saúde a atualização da cobertura mínima obrigatória de procedimentos para tratamento de doenças onco-hematológicas, que servem de referência para os atendimentos dos planos privados de saúde.

Fundação Cristiano Varella 728

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui