Ministério da Saúde destina mais R$ 98,3 milhões para tratamento de usuários de álcool e drogas

181

O Ministério da Saúde aumentou em 31,85% o valor das diárias pagas por paciente internado em hospitais psiquiátricos e gerais. Também destinou R$ 98,3 milhões para internações curtas (até 20 dias) de pacientes com transtornos mentais ou para tratamento de usuários de álcool e drogas, de acordo com portarias publicadas no dia 3 deste mês, no Diário Oficial da União.

Em junho deste ano, o ministro já havia anunciado R$ 117 milhões para o Plano Emergencial de Ampliação do Acesso para Tratamento de Álcool e Drogas (PEAD 2009-2010). Com o reforço financeiro dado agora, os investimentos para o setor chegam a R$ 215,3 milhões, o que permite a criação de mais 73 centros de atendimento psiquiátrico país afora.

Com isso, o país passa a ter 1.467 desses centros, com aumento de 246% em relação a 2002, segundo o coordenador-geral da área técnica de Saúde Mental do ministério, Pedro Gabriel Delgado. “Passamos, em sete anos, de uma cobertura de atendimento em saúde mental de 21% da população para 60%”, com parâmetro em um centro para cada grupo de 100 mil habitantes”, disse ele.

O valor das diárias de internação nos hospitais gerais sobe de R$ 42,47 para R$ 56,00, e nos hospitais psiquiátricos as diárias que hoje variam de R$ 29,90 a R$ 45,21 passam a vigorar com preços entre R$ 35,58 e R$ 49,70. A expectativa é de que, com o a reajuste, os hospitais ampliem os atuais 2.573 leitos para tratamento de saúde mental em mais cerca de 2.300 novos leitos.

Fundação Cristiano Varella 728

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui