Nutrição é Saúde

19


Guia alimentar de bolso
Como ter uma alimentação saudável. Este é o tema do guia de bolsa do Ministério da Saúde.
Atualmente, um dos principais fatores de risco para o excesso de peso, diabetes, pressão arterial alta, doenças cardiovasculares e até alguns tipos de cânceres é um cardápio sem qualidade nutricional. Ultimamente, observa-se cada vez mais o interesse da população em uma dieta adequada, mesmo que a preocupação com o peso ideal seja o fator motivador.
Sempre falo em meus textos que uma dieta adequada do ponto de vista qualitativo e quantitativo não é uma tarefa árdua, que podemos comer de tudo, desde que a quantidade e a qualidade esteja adequada para a idade, peso, altura e sexo, entre os fatores.

O interessante no guia são os exemplos das porções dos alimentos, que podem auxiliar na hora de elaborar um cardápio equilibrado. Mas antes de começar a montar seu cardápio, siga os 10 passos de uma alimentação saudável.

1 – Faça pelo menos 3 refeições (café-da-manhã, almoço e jantar) e 2 lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições.

2 – Inclua diariamente 6 porções do grupo do cereais (arroz, milho, trigo, pães e massas), tubérculos (como as batatas) e raízes (como a mandioca). Dê preferência aos grãos integrais e aos alimentos na sua forma mais natural.

3 – Coma diariamente pelo menos 3 porções de legumes e verduras como parte das refeições e 3 porções ou mais de frutas nas sobremesas e lanches.

4 – Coma feijão com arroz todos os dias ou, pelo menos, 5 vezes por semana. Este prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e bom para a saúde.

5 – Consuma diariamente 3 porções de leite e derivados e 1 porção de carnes, aves, peixes ou ovos. Retirar a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes da preparação torna esses alimentos mais saudáveis.

6 – Consuma, no máximo, 1 porção por dia de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina.

7 – Evite refrigerantes e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas e outras guloseimas como regra da alimentação.

8 – Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa.

9 – Beba pelo menos 2 litros (6 a 8 copos) de água por dia. Dê preferência ao consumo de água nos intervalos das refeições.

10 – Torne sua vida mais saudável. Pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite as bebidas alcoólicas e o fumo.

Andrea Galante é mestre e doutora em Nutrição Humana Aplicada pela Universidade de São Paulo, e presidente da Associação Brasileira de Nutrição.

Fundação Cristiano Varella 728

2 COMENTÁRIOS

  1. no consigo hacer una dieta y tengo problemas con el estomago mas que consejo me darias.

    Cara Mora,
    Penso que você deveria procurar um nutricionista ele lhe daria um conselho mais acertado, mas hoje na internet há muitas matérias interessantes é só saber filtrar direito as matérias.
    Boa sorte,

    Redação do JM.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui