Saibam o que pensam e fazem os terapeutas naturalistas

749

Por Devair Guimarães de Oliveira e Vitor Hugo
Apesar da profissão não ser ainda reconhecida oficialmente em nosso país, eles desempenham um importantíssimo trabalho social no Brasil. Os excluídos, os pobres e muitos desenganados pela medicina legal recorrem aos terapêuticos naturalistas. A favor destes incansáveis e determinados estudiosos existem depoimentos comprovados de pessoas que foram curadas de várias doenças, inclusive na PEC que tramita no Congresso Nacional há alguns depoimentos importantes. Nossa reportagem foi ouvir alguns dos mais importantes terapeutas do Brasil, pessoas que estão integradas ao estudo, pesquisas, cursos e práticas terapêuticas de vários estados do país.

Professor Carlos Piovesan Rio Grande do Sul
Professor Carlos Piovesan Rio Grande do Sul fotos Vitor Hugo JM

Carlos Piovesan do Rio Grande do Sul é o idealizador do bioenergético no Brasil é o pioneiro bem antes de vir da Nicarágua, 10 anos antes o professor Carlos Piovesan já aplicava sua técnica adaptada através da Cinestologia. Sou co-fundador desse evento com o Sr. Zé Raizeiro, aí nós desenvolvemos cursos e seguimos essa vida de terapeutas naturistas, faz quarenta anos que eu trabalho dentro desse ramo, eu tenho percorrido este país por visitei (16) dezesseis estados brasileiros, tenho ministrado cursos, palestras, televisão, rádio, jornais e tenho feito muita divulgação do naturismo. O que me interessou muito foi à medicina naturista macrobiótica zem, que diz “Faça do teu alimento o teu remédio”, batalhamos muito nesse ramo. Sempre digo nesses cursos que se um terapeuta não sabe mexer no alimento ele está deixando muito a desejar, pois o que cura não são os remédios e sim os alimentos salientou o professor. Ainda falando sobre o bioenergético ele afirma “mais de dez mil pessoas dominam está técnica. Esse trabalho de bioenergético foi idealizado por mim, bem antes que viesse aqui para o Brasil de Nicarágua, através da cinesteologia que é um curso que adaptei nesse bioenergético, somente depois de dez anos que eu já trabalhava com este método é que vieram aparecer outros naturalistas o apresentando. Esse método de bioenergético pode ser com pêndulo, mas com pêndulo nós não podemos dar a certeza já com a mão você não erra.” Concluiu Piovesan

Zé Raizeiro Presidente da ATENAB
Zé Raizeiro Presidente da ATENAB

Zé Raizeiro – Presidente da ATENAB, (Associação dos terapeutas naturalistas alternativos na saúde e cultura do Brasil) uma das pessoas mais respeitadas no país ligado a cultura terapêutica desde pequeno costume que herdou de seus pais e avós seu conhecimento foi vivendo no meio e aprendendo com os animais como ele costuma dizer. “A importância desse seminário é a cultura, o país que não tem cultura fica perdido. A cultura é a mãe da tecnologia, primeiro falamos da cultura, dela para a ciência e ela é quem desenvolve a tecnologia, acho que a vinda desses companheiros aqui em Governador Valadares não trouxe apenas uma riqueza para esta cidade, mas uma riqueza para o Brasil e o mundo, todos os países que tiverem o poder de pegar um DVD desse vai saber o valor de tanta especialidade e criatividade desses cidadãos que participaram desse evento, além dessa atividade que eles trouxeram para nós a cultura humana de boa conduta que representa uma sociedade de um mundo organizado como o Egito para nós é um brilho e acredito que estamos cumprindo um mandamento de Deus. Veja a representatividade desse seminário: tivemos aqui dez estados presentes, Alagoas, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Rondônia, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Distrito Federal e Minas Gerais, 127 pessoas registradas, num total contando os visitantes cerca de 150 pessoas estiveram aqui mobilizadas. Disse Zé Raizeiro.

Juracy advogado da associação
Juracy advogado da associação

Nossa reportagem foi ouvir as palavras de um terapeuta advogado para saber das implicações com a legislação, Juracy advogado da associação. “Digo que o trabalho do terapeuta não médico, do terapeuta naturalista, holístico é um trabalho livre. Livre por que não existe lei dizendo que ele não possa trabalhar dessa forma, não existe lei dizendo que essas atividades são privativas para o médico. O fato de não existir uma legislação justificando isso não quer dizer que as atividades desses terapeutas não sejam permitidas, então ele pode trabalhar livremente. Editei dois livros intitulados “O direito das terapias naturais”, o segundo pela editora da Ordem dos Advogados do Brasil de Brasília, todos os dois com edição esgotada. Pressionai a OAB de Brasília sobre o porquê que não reeditaram o livro, fiquei sem respostas. Escrevi um terceiro livro intitulado “O futuro das terapias naturais.” Salientou o escritor.

 

Radialista Humberto Cabral
Radialista Humberto Cabral

Humberto Cabral radialista em Divinópolis/MG. “O trabalho nesse meio de comunicação tem uma finalidade de resgatar junto ao povo o hábito de voltar às terapias naturais, ou seja, é fazer com que o povo volte a conhecer ao menos a fisionomia das plantas e sua utilidade terapêutica, é mostrar ao povo que existe um caminho através das terapias naturais, caminhos de cura, o trabalho é resgatar junto ao povo aquilo que eles já sabem voltar à memória da população, principalmente dos mais simples, da roça e da cidade que no passado já usou tanto as terapias naturais e as plantas e isso ficou no esquecimento. Minha formação é *empírica, gostei da resposta do Sr. Zé lá no senado “Eu aprendi com os animais”, mas esse trabalho ele vêm da minha raiz, vem dos meus pais, da minha mãe que criou doze filhos e tratando doenças consideradas perigosas simplesmente com chazinhos lá da roça, é um resgate para mim, é isso que nós fazemos procurar resgatar, aquilo que já conhecemos aquilo que usamos no passado, aquilo que deixamos de usar muitas vezes devido à força do poder do sistema.
* Empírico [Do lat. empiricu < gr. empeirikós.] Adjetivo. 1.Relativo ao, ou próprio do empirismo. 2. Baseado apenas na experiência e, pois, sem caráter científico:

Elísio Saqueto filósofo, parapsicólogo e academico de direito
Elísio Saqueto

Elísio Saqueto ex-padre filósofo, parapsicólogo e acadêmico de direito. “A religião é um caminho que o homem faz em relação com a subjetividade e na emanação dessa experiência ele depara com uma vida, as terapias ajudam a esse ser humano portador de sentimentos e de um ato racional a se situar no universo onde ele vive. Tem vinte e um anos que venho pesquisando e estudando sobre as terapias, durante dois dias por semana tenho atendimento ao público, nos finais de semana ministro cursos e tenho também uma vida bem prolongada de estudos e pesquisas na área.” Concluiu Elísio

 

 

geraldo fredericoGeraldo Frederico, cultivador de plantas e produtor em Rondônia. “Na realidade comecei com a cultura natural, a terapia há uns dez anos atrás porque eu e minha mulher adoecemos aí o médico nos registrou como hipertensos. Nós fomos nos tratando com a natureza e as plantas e eu me curei, então eu me interessei muito por isso para poder compartilhar de minha experiência com mais pessoas.” Salientou Frederico. Também o Sr. Geraldo é dos que não perdem os seminários. “ O que mais viemos fazer aqui é visitar os amigos, aprender mais sobre as terapias e também apresentar os produtos que o pessoal não tem aqui como Óleo de Copaíba, Sangue de Dragão, Óleo de Avestruz e levar daqui os produtos que não existem lá, produtos que são fabricados pela União Flora nós vendemos muito, pelo Sr. Davi, nós vendemos muito esses produtos lá em Rondônia, então nós viemos aqui para isso, nós viemos passeando, se divertindo e reencontrando com os amigos esse é o nosso dever e prazer. Cosmo Pacetta, de São Paulo é um especialista em Oliveira, pesquisador e estudioso das oliveiras, escreveu o livro A Oliveira a Árvore da Vida. “A terapia é um processo que surgiu em minha vida há alguns anos atrás e que me levou através da terapia o trabalho de pesquisa das oliveiras. Tenho dedicado recentemente às pesquisas das oliveiras como forma de poder conhecer a área terapêutica uma ferramenta valiosa, uma das plantas mais antigas que se tem conhecimento para o tratamento do ser humano, para o tratamento da projeção biótica e até mitologicamente do processo energético da pessoa. Faz dez anos que comecei efetivamente a pesquisa mais profunda em relação á oliveira, tenho feito pouco, essa é a minha primeira excursão fora de São Paulo, estive em Brasília recentemente, venho fazendo esse trabalho porque é inédito no Brasil e sempre que você fundamenta um produto que paradoxicamente como a oliveira que é milenar, mas extremamente pouco conhecida além do azeite, quando você descobre que nessas folhas você tem propriedades e princípios realmente curativos, com possibilidades de curas, com possibilidades de descobertas cada vez mais interessantes na área científica feita fora e dentro do Brasil, esse é um trabalho que estamos realmente querendo levar para mais estados e quem sabe para todo o planeta.

Indio Paulo Jorge
Indio Paulo Jorge

Paulo Jorge – representante da FUNAI chukurus kariris em Alagoas “Trabalho há vinte e cinco anos na FUNAI, sou do chukurus kariri, já conhecia a terapia lá no meu lugar, nós indígenas sempre trabalhamos com isso desde o nascimento, pois vivemos nas aldeias e aqui em Valadares trabalhando na FUNAI conheci o Sr. Zé Raizeiro e estou trabalhando com ele, é um trabalho muito bacana e bonito, nós como indígena realmente estamos sempre vivados, levando esse trabalho às pessoas, passando remédios naturais, essas coisas que sempre fazemos aqui. Eu fiz um curso de hibridologia com natuterapia holística, nessa primeira vez que venho a esse seminário vamos realmente somar mais conhecimento, farei o curso de reiki é um dos meus preferidos e realmente encontrei aqui nessa cidade, estou muito satisfeito em fazer esse curso e não vou parar por aqui, farei muitos outros ainda sempre que tiver oportunidade.

 

 

Gonçalo Dantas
Gonçalo Dantas

Gonçalo Dantas, terapeuta naturalista, mestre reiki, massagista, quiroprata e terapeuta comunitário. “Ultimamente tenho trabalhado mais com idosos, com alongamentos, respiração, ginástica cerebral e isso os tem melhorado dia-a-dia, geralmente o seminário na Universidade de Viçosa, são quatro por ano e eu estou em todos, este da ATENAB eu sempre estou, na pastoral da saúde alguns também, em várias cidades, dependendo do evento, mas eu sempre tenho ido a vários. A Universidade Federal de Viçosa está há vinte anos nesse movimento, com as principais qualidades de vida tem os encontros dela e estou sempre participando de todos desde o primeiro até hoje não faltei a nenhum, ela já está com homeopatia até na África.

Fundação Cristiano Varella 728

9 COMENTÁRIOS

  1. gostei muito da iniciativa do jornal e quero parabenesar a reportagem com os caros golegas , sou terapeuta naturalista ha mais de 15 anos sempre viajando para o esterior , cuba,alemanha e tanbem para china , tenho uma importante c..construtiva o naturismo vai muito alem de sistemas de analises ou ou concelhos de alimentação ou uso de plantas ou ervas , é uma filosofia de vida de sobrevivencia mas é tambem a maior ciecia arte do universo pois trata do ser , da existencia , cada particula, cada atomo depende unicamente daquilo que seja natural primario , a humaninade são seres naturais e dependem de metodos naturais para existir , anatomia ,fisiologia, patologias são apenas minusculas particas no naturismos .(obrigado)

  2. Humberto Cabral,
    Já fiz acompanhamento Bioenergético em Barra Mansa no Estado do Rio de Janeiro. Foi muito bom. Minha Mãe mora em Divinópolis e eu gostaria de saber se em Divinópolis existe alguém que faz este exame para encaminhá-la. Se você souber de alguém me comunique por favor. Ficarei muito grata a esta informação. Já faz algum tempo que tenho tentado esta descoberta em vão! Espero que este seja um presente de Natal!
    Obrigada, muita Paz neste tempo de preparação para a chegada do Deus Menino.
    Irmã Maria dos Anjos da Rocha.

  3. Bom dia estimados leitores, atualmente sou diretor nacional de relações publicas da associação brasileira dos terapeutas holisticos, conheço o trabalho realizado pelas pessoas acima, em especial o do Pe. Elisio ao qual quero ressaltar ser de extrema eficacia e muito responsavel. Como podemos ver hoje em dia é muito comum encontrarmos pessoas serias fazendo trabalhos serios e de muita importancia, como é o caso tambem do Juracy, adv que cuida dessa parte. Meus parabens a todos os colegas terapeutas e aos leitores convido a conhecer melhor a terapia holistica com qualquer um de nossos colegas acima.
    Atenciosamente;
    Gabriel C. D. Lopes
    Gestor de Recursos Humanos CRARJ 03.00310-8
    Especialista em Acupuntura Clássica Chinesa com extenção em Craneoacupuntura de Yamamoto.
    CRTH-BR 0008 – ABRATH- MG

  4. gostei bastante do assunto estou me formando agora em tecnico de enfermagem e estou pensando seriamente em fazer um curso de terapeuta naturalista pois nao pretendo so trabalhar na area de enfermagem mas tambem me aperfeiçoar no cuidado e na humanizaçao pois sonho em poder viajar pelo mundo ajudando aqueles que mais precisam principalmnte na africa

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui